ESTRATÉGIAS

  • Quando uma criança apresenta um atraso no desenvolvimento da linguagem é essencial dar-lhe um “banho de linguagem”, ou seja, verbalizar todas as situações através do uso de um vocabulário adequado à idade da criança.
  • O adulto não deve falar de forma “abebezada” nem deve imitar a criança quando esta efetua produções incorretas.
  • Sempre que a criança não conseguir dizer uma palavra o adulto deve dize-la várias vezes mas sem nunca forçar a criança a repeti-la.
  • Quando existirem produções de frases simples e/ou incorretas, o adulto deve dar o modelo e produzir a frase de forma correta e mais completa.
  • Diariamente devem ser realizadas tarefas de um para um, onde se realizem atividades lúdicas (ex. pintura, associação, recorte) e/ou jogos adequados às competências da criança de forma a estimular todos os domínios da linguagem.